Por enquanto, mudança só vale para contas vencidas a partir de R$ 50 mil e chegará a valores mais baixos de forma gradual; pagamento em atraso só era

Nova regra para pagamento de boleto vencido começa a valer nesta 2ª

oletos com valores vencidos acima de R$ 50 mil poderão ser pagos em qualquer banco ou correspondente bancário a partir desta segunda-feira (10), por meio de uma nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O sistema anterior só permite fazer o pagamento em atraso no banco que emitiu a cobrança.

Mais: Boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco, diz Febraban

A mudança será gradual para diferentes valores. As contas atrasadas abaixo R$ 50 mil e acima de R$ 2 mil só serão liberadas para pagamento em qualquer banco no dia 11 de setembro. O cronograma prevê que até dezembro todos os boletos com atraso, de qualquer valor, sejam aceitos em todos os bancos.

A validação será feita por etapas, diz a Febraban, devido à grande utilização do meio de pagamento. Cerca de R$ 3,5 bilhões de boletos são emitidos por ano no Brasil, calcula a entidade.

 (Foto: Arte/G1)

Prevista inicialmente para março, a nova plataforma de cobrança foi adiada "para garantir que o sistema já esteja integrado e sendo alimentado pelas plataformas de todos os bancos", segundo a Febraban.

O sistema de cobrança em vigor há mais de 20 anos não é integrado entre as instituições financeiras e precisava ser atualizado, diz a entidade.

Outras Notícias

Jungmann quer explicações do Exército sobre declaração de general

Embora o Ministério Público Militar não pretenda oferecer denúncia contra o general Antônio Hamilton Mourão, por cons...

Atentado em metrô de Londres deixa 22 feridos

Vinte e duas pessoas ficaram feridas na manhã desta sexta-feira em um atentado em uma estação de metrô de Londres. A ...

CONCURSOS PÚBLICOS EM MINAS GERAIS

ÓrgãoVagasCAIXAEstagiárioVáriasCEMIGMédico e Médico do trabalho3CISDESTE/MG - Consórcio Intermunicipal de Saúde da Ma...

Botijão de gás vai ficar mais caro a partir de setembro

O preço do botijão de gás ficou 9,50% mais alto em 12 meses, de agosto de 2016 a julho de 2017, quase três vezes maio...

Pacientes do SUS na Grande BH cancelam consultas por falta de dinheiro para ônibus

O sistema público de saúde de Minas Gerais está deixando de atender pacientes que levaram meses para conseguir uma co...